...
 
BANNER NEUROPSICOLOGO.jpg

Sobre a Psicoterapia

O que é a Neuropsicologia?





Para que serve a NeuroPsicologia?





Como saber se eu preciso fazer terapia?


  • Algumas pessoas se motivam a procurar a psicoterapia mesmo sem identificar um problema especifico. Nesses casos, a vontade e o interesse em iniciar o processo já podem ser considerados motivos suficientes para marcar uma primeira entrevista. No primeiro encontro, ao refletir sobre o seu dia a dia, sua história de vida e os seus projetos, o terapeuta compartilha com a pessoa como a psicoterapia pode ajudá-la e promove uma reflexão sobre as principais questões que podem ser trabalhadas.
  • Outras pessoas que enfrentam crises mais agudas, seja de ansiedade, angústia, depressão, pânico e transtorno bipolar, entre outras, buscam a psicoterapia porque vem enfrentando um sofrimento intenso que compromete a possibilidade de exercer as atividades do dia a dia. Nesses casos, a psicoterapia é indicada e o objetivo do processo é diminuir a intensidade, para que se possa refletir sobre o significado dessa crise e promover as mudanças necessárias.
  • Existem também pessoas que procuram a psicoterapia quando começam a perceber que algumas situações se repetem em suas vidas. Muitas vezes, as pessoas podem fazer escolhas e se comportar dentro de um mesmo padrão sem que percebam. O objetivo da psicoterapia, nesse contexto, é ajudar a pessoa a ter clareza das suas necessidades e desenvolver recursos para quebrar os padrões que vem causando sofrimento.




Qual a formação de um Neuropsicólogo?





Onde atua um Neurpsicólogo?





Quando devo procurar um Neurpsicologista?





Quais as principais indicações para procurar um NeuroPsicólogo?


  • Doença de Alzheimer e outros tipos de Demências;
  • Diagnóstico diferencial entre depressão e Demência;
  • Epilepsia;
  • Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH);
  • Dificuldades escolares;
  • Distúrbio do desenvolvimento;
  • Lesões cerebrais decorrentes de traumatismos;
  • AVC ou “derrames”;
  • Distúrbios psiquiátricos ou neuropsiquiátricos;
  • Esclerose múltipla e outras doenças neurodegenerativas;
  • Déficits causados por abuso de drogas ilícitas, álcool e outras substâncias;




Quando surgiu a NeuroPsicologia?


A Neuropsicologia surgiu no final do século XIX, início do século XX, estudando os soldados feridos de guerra, que tinham lesões cerebrais e alterações de comportamento, memória, linguagem, raciocínio – o que possibilitou maior compreensão do papel do cérebro comandando esses processos. Contudo, somente no final do século XX, que ganhou maior reconhecimento. Os anos 90 ficaram conhecidos como a "Década do Cérebro", uma vez que o aprimoramento de técnicas de neuroimagem possibilitou a confirmação das interações entre as funções cognitivas e as áreas cerebrais.